Tubos trefilados

Tubos com costura
Processo de trefilação a frio

O processo de deformação a frio consiste em reduzir a secção transversal do tubo através de uma força de tração, utilizando ferramental externo (fieira) e interno (mandril). O tubo a trefilar primeiramente recebe um tratamento térmico, depois é decapado, fosfatizado e lubrificado antes da trefilação.

Entre o diâmetro interno da fieira e o externo do mandril forma-se uma coroa circular, que corresponde a espessura da parede desejada, através da qual se traciona o tubo a trefilar.

Neste processo, se reduz o diâmetro e a espessura, como também melhora a superfície interna e externa. Através da trefilação a frio, ocorre um encruamento do material, isto é: o limite de escoamento, a dureza e a resistência à tração aumentam e o alongamento diminui.

A Ditual está capacitada a oferecer tubos trefilados para diferentes aplicações, segundo normas ou critérios solicitados mediante prévia consulta.

Dimensões e tolerâncias

Para diâmetros e espessuras, assim como as suas respectivas tolerâncias, conforme NBR 5599 e NBR 8476.

Exemplos de aplicações de tubos trefilados:

Autopeças, Motopecas, Cilindros, hidráulicos, Cardans, Eixos, Perfis Especiais.

Estado de fornecimento

DIN EN 10305-2

Denominação Símbolo Símbolo Descrição
Trefilado Duro (Acabamento a Frio) +C BK Sem Tratamento Térmico
Trefilado Macio (Leve Acabamento a Frio) +LC BKW Após o último Tratamento Térmico segue uma leve Trefilação de Acabamento (a frio).Quando aplicado um processamento adequado, o tubo deixa conformar dentro de certos limites. Ex.: Curvar, alargar.
Trefilado com Alívio de Tensão +SR BKS Alívio de Tensão em atmosfera controlada, após o último passe na Trefila.
Recozido +A GBK Recozido em atmosfera controlada, após o último passe na Trefila.
Normalizado +N NBK Normalizado em atmosfera controlada, após o último passe na Trefila.

Bloomin